quinta-feira, 21 de junho de 2012

Mortes em acidentes com motocicletas ultrapassam os provocados por carros


Os principais vitimados em tragédias envolvendo motos são os jovens do sexo masculino. Os dados foram colhidos a partir do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH)Um estudo divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde aponta que o número de mortos em acidentes com motos superou o de pessoas acidentadas em outros tipos de veículos, como carros, caminhões e ônibus. O aumento de óbitos decorrentes de acidentes com motocicletas entre 2008 e 2010 foi de 21%, passando de 8.898 para 10.825. Enquanto isso, a taxa de mortalidade referente aos demais desastres de trânsito cresceu 12% - de 38.273 para 42.844. "O Brasil está definitivamente vivendo uma epidemia de acidentes de trânsito e o aumento dos atendimentos envolvendo motociclistas é a prova disso. Estamos trabalhando para aperfeiçoar os serviços de urgência no SUS, mas é inegável que esta epidemia está pressionando a rede pública", afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Os principais vitimados em tragédias envolvendo motos são os jovens do sexo masculino. Os dados foram colhidos a partir do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH)

Nenhum comentário:

Postar um comentário