segunda-feira, 25 de junho de 2012

RN é o 3º do Nordeste em gastos com atendimento hospitalar a acidentados de motos


Custos em torno de R$ 5,3 milhões. Esse foi o valor pago, em 2011, pelo Serviço Único de Saúde (SUS) em atendimento a acidentados de trânsito envolvendo motos. De acordo com o Ministério da Saúde, o RN é o terceiro estado do Nordeste com maior gasto neste tipo de atendimento. O primeiro é Pernambuco, com aumento de 1.286%.

Entre 2008 e 2011, o valor subiu de R$ 1,8 milhão para R$ 5,3 milhões, respectivamente. A solução passa não só pela campanha de educação, mas também pela fiscalização. E que o alto gasto com pacientes de acidentes envolvendo motocicletas também se deve ao tempo que eles precisam passar internados, como também os medicamentos e cirurgias. BRASIL - Os gastos do SUS com vítimas de acidente com motos aumento 113% entre 2008 e 2011, segundo o minsitério da saúde. Os valores subiram de R$ 45 milhões para R$ 96 milhões; as internações passaram de 39.480 em 2008 para 77.113 em 2011. No Nordeste, os estados que registraram alta nos gastos foram Pernambuco (1.286%); Ceará (196%); Rio Grande do Norte (157%) e Sergipe (114%).

NE 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário